LIDERANÇA EMPREENDEDORA E PRÁTICAS DE GESTÃO DE PESSOAS: UM ESTUDO SOBRE A EFICÁCIA NA PROMOÇÃO DO EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO

Michele Maria Silva Franco, Marcos Hashimoto

Resumo


Este ensaio teórico explora e consolida estudos realizados sobre as influências das práticas de gestão de pessoas (GP) e a influência de líderes na orientação empreendedora nas organizações. Organizações orientadas ao empreendedorismo fomentam um clima interno que favorece a iniciativa de funcionários para trazer soluções, propostas de mudanças e novas ideias para melhorar o trabalho, a qualidade, o desempenho e a eficácia de processos. Embora exista literatura sobre os fatores que estimulam a orientação empreendedora e os resultados apresentados por estas organizações, a discussão gira em torno de dois grandes grupos de influência, as práticas de GP, institucionalizadas para toda a organização, ou o estímulo do comportamento empreendedor proporcionado pelas lideranças junto às suas equipes. Nessa linha, o presente artigo traz esta discussão intensa em publicações estrangeiras, como pauta para o ambiente acadêmico nacional, consolidando os principais estudos empíricos já realizados. A conclusão do estudo é que as práticas de GP ajudam a criar uma cultura geral em favor da inovação. Porém, é a relação direta do líder com seu


Palavras-chave


Empreendedorismo; liderança empreendedora; orientação empreendedora; práticas de RH.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14211/regepe.v3i3.121

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Rev. Empreendedorismo Gest. Pequenas Empres., São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2316-2058    

Prefixo do DOI: 10.14211  Classificação Qualis 2016: B1

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia