Formação de Técnicos Agropecuários Empreendedores: O caso do IFES e sua participação na OBAP

Robson Malacarne, Janete Brunstein, Margarete Dias Brito

Resumo


Uma lacuna ainda presente na literatura diz respeito a forma com que os atores envolvidos no ensino Técnico em Agropecuária reagem a formação empreendedora no cotidiano escolar. O presente artigo avalia e discute a experiência do IFES Itapina, que inseriu em seu currículo, discussões e iniciativas voltadas para o empreendedorismo,  com o objetivo de preparar os discentes para participar da Olimpíada Brasileira de Agropecuária – OBAP. O foco deste trabalho é compreender as mudanças resultantes desta iniciativa e as conseqüências para os atores envolvidos neste processo formativo. O desenvolvimento teórico se fez a partir das discussões sobre os aspectos que interferem na formação empreendedora preconizadas por Filion (2004) e Dornelas (2001). A legitimação teórica foi feita com base nas entrevistas com discentes e docentes do IFES – Itapina.

Palavras-chave


Formação de Jovens Empreendedores; Sustentabilidade; Agropecuária; Empreendedorismo Sustentável.

Texto completo:

pdf


DOI: http://dx.doi.org/10.14211/regepe.v3i2.125

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Rev. Empreendedorismo Gest. Pequenas Empres., São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2316-2058    

Prefixo do DOI: 10.14211  Classificação Qualis 2016: B1

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia