Perfil empreendedor: estudo sobre características empreendedoras de motoristas funcionários, agregados e autônomos do transporte rodoviário de cargas.

Authors

  • Marcelo Jacober Moraes FACCAMP - Faculdade Campo Limpo Paulista
  • Marcos Hashimoto FACCAMP - Faculdade Campo Limpo Paulista
  • Tiago Zanett Albertini ESALQ/USP

DOI:

https://doi.org/10.14211/regepe.v2i1.41

Keywords:

Empreendedorismo, Perfil empreendedor, Motorista autônomo, Análise de correlação.

Abstract

O objetivo deste estudo foi distinguir as características do perfil empreendedor de motoristas de três categorias do transporte rodoviário de carga: funcionários, agregados e autônomos, por meio do estudo de atributos que fazem parte da teoria que versa sobre perfil empreendedor. Um questionário foi aplicado para 210 motoristas divididos igualmente em cada uma das três categorias, com delimitação no município de Campinas/SP. Para obtenção dos dados optou-se pela utilização de instrumento de medição no formato Likert sendo previamente validado, e a aplicação junto aos respondentes deu-se de forma presencial. Dentre os principais resultados identificados, o teste one-way ANOVA para os índices de atributos do perfil empreendedor de motoristas rodoviários de carga estratificada por categorias, mostrou que os motoristas autônomos são mais empreendedores do que os motoristas das demais categorias estudadas. Através da análise de correlação indicou-se uma relação mútua moderada entre os atributos que compõem o perfil empreendedor de motoristas rodoviários de cargas, porém apesar de moderados a correlação entre eles, de uma forma geral, foi altamente significativa, e sugere a possibilidade de haver influências de uma característica empreendedora sobre outra característica.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2013-04-10

How to Cite

Moraes, M. J., Hashimoto, M., & Albertini, T. Z. (2013). Perfil empreendedor: estudo sobre características empreendedoras de motoristas funcionários, agregados e autônomos do transporte rodoviário de cargas. Iberoamerican Journal of Entrepreneurship and Small Business, 2(1), 132–157. https://doi.org/10.14211/regepe.v2i1.41